Home » Dilma » Cabelo de Dilma custou 150 milhões de Reais: Será?

Cabelo de Dilma custou 150 milhões de Reais: Será?

Boato: A Braskem, subsidiária da Odebrecht, pagou 150 milhões de reais em serviços de cabeleireiro para Dilma. O que equivale a dizer que o cabelo de Dilma pode ser o mais caro já registrado na história da humanidade.

Mas será que essa notícia é real?

De acordo com os boatos que correm na internet, citando como fonte a colunista Mônica Bergamo da Folha de São Paulo, a delação do marqueteiro João Santana, que já está em fase final de acordo, poderá trazer informações surpreendentes. A cereja do bolo seria o detalhamento das despesas pagas por ele, a mando da Braskem/Odebrecht, para manter a imagem da ex-presidente.

Livre-se de boatos e notícias falsas - curta o Verdade Absoluta

Cabelo de Dilma custou 150 milhões
Dilma e o cabeleireiro Celso Kamura

Dentre as despesas, estariam o pagamento dos serviços do cabeleireiro Celso Kamura.

Ocorre que a coluna de Mônica Bergamo não fala em valores, mas ainda assim diversos sites e blogs andam passando a informação de que os custos como o cabeleireiro chegariam a incrível soma de 150 milhões de reais.

A tabela de preços de Celso Kamura é a seguinte:

  • Corte de cabelo no salão de Celso Kamura custa algo em torno de R$ 400,00
  • Hidratação tem o preço médio de R$ 250,00;
  • Escova tem o preço máximo fixado em R$ 150,00.

Somente nesses itens básicos a soma do tratamento gira em torno de R$ 800,00. O preço é abusivo mas não tão caro em se tratando de um “cabeleireiro de madame” . O que assusta de verdade é o suposto valor de 150 milhões gastos em pouco mais de 5 anos de mandato.

Não é de hoje que se sabe que na delação do marqueteiro João Santana está inclusa a denúncia de pagamentos oriundos de propina dos tratamentos do cabelo de Dilma.

Acupuntura sem agulhas

Em junho de 2016, quando surgiram as primeiras informações dos pagamentos feitos a Celso Kamura, Dilma negou que suas despesas estéticas foram pagas por meio de propinas.

 “É uma estratégia para atingir a minha imagem, dizendo que o dinheiro da Petrobras pagou as contas do meu cabelereiro. A vantagem é que eu tenho todos os comprovantes de que paguei as passagens e o serviço dele, que custou R$ 5 mil, com meu dinheiro. Mas o mais interessante não é isso. Ligam o cabelo com Pasadena, que foi em 2006. Mas eu fui conhecer o cabeleireiro apenas quatro anos depois. Como é que pode isso?”, disse a presidente afastada.

Tenho certeza de que vão tentar me incriminar de qualquer jeito. Vai ser muito difícil. Até o casamento de minha filha foi investigado. Mas eu jamais utilizei dinheiro público para pagar qualquer coisa na minha vida. Já procuraram de tudo quanto é jeito“.  Fonte: UOL Notícias

Concluindo: É verdade que a delação do João Santana deve acusar o pagamento dos procedimentos estéticos de Dilma, mas o valor de 150 milhões não aparece em nenhum site de notícias confiável. Nem mesmo nos sites usados como fonte ( e sem links de ligação) e tampouco na coluna de Mônica Bergamo.

Esse valor é extremamente alto, absurdo e surreal. Pela total falta de fontes confiáveis e por ainda não ter sido formalizada a delação, é grande a possibilidade desses valores serem especulativos e falsos.

Somente quando João Santana fizer a delação de fato é que saberemos os valores e como eles foram distribuídos na manutenção estética da imagem de Dilma.

Vamos aguardar, mas não no cabeleireiro, claro,

 

Comentários Facebook

comments

About Descharth

Avatar for Descharth
André L. Scharth, também conhecido como Descharth, ou Des, é Laboratorista Fotográfico, uma profissão em extinção devido a tecnologia fotográfica atual. Por isso, para poder continuar tomando cervejas virou blogueiro, mas ainda pede fiado no bar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *