Home » boatos » As bandas Sex Pistols, The Clash e Ramones foram criação da URSS – Boato

As bandas Sex Pistols, The Clash e Ramones foram criação da URSS – Boato

Boato – Sex Pistols, The Clash e Ramones foram uma criação da Russia para desestabilizar o ocidente e a democracia – O boato voltou a circular na rede após uma página do Facebook, voltada para fãs do Punk Rock “The Church of PUNK” compartilhar uma postagem do site World News Daily Report (WNDR).

A postagem do WNDR foi feita em 5/05/2015 e segundo ela, Alexandrei Varennikovic Voloshin, um agente aposentado do KGB, teria admitido na National Russian Television (NTV), que a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) estava por trás da criação da cena punk dos anos 70 e financiou bandas punk como The Sex Pistols, The Clash e os Ramones.

Publicidade:

O governo da URSS, na época, de acordo com a notícia, gastou “centenas de milhões de rublos” na operação secreta destinada a “criar o caos absoluto” e “perverter a juventude ocidental, a ideologia niilista, antissistema (anti-establishment) e anti-americana”, explicou em uma entrevista de uma hora supostamente transmitida na televisão nacional.

As bandas Sex Pistols, The Clash e Ramones foram criação da URSS

Ainda segundo o World News Daily Report, famosas canções punk da lendária banda punk The Sex Pistols foram escritas por uma equipe de psicólogos e propagandistas de guerra da URSS.  ““I am an anarchist”(Eu sou um anarquista), ““God save the Queen the fascist regime” (Deus salve a Rainha do regime fascista),  No Future” (Sem futuro) e outras letras niilistas e anti-establishment foram destinadas a desencadear uma onda de cinismo para as autoridades, promover o uso de drogas pesadas e seduzir os jovens com ideia revolucionárias contra o sistema.

“Nossa missão era usar a angústia adolescente em nossa vantagem e transformar a geração baby boomer do Ocidente em uma cultura decadente, pró-drogas e anti-sistema que criaria revoltas e traria a democracia ocidental para o caos total. Nós até mesmo infiltramos rádios mainstream para promover a sua música e chegar a milhões de pessoas todos os dias “, admitiu, visivelmente orgulhoso da realização.

“Para muitos de nós na KGB, a infiltração da cena punk dos anos 70 foi uma das mais bem-sucedidas experiências de propaganda da URSS até agora” , reconheceu durante a entrevista.

Verificação dos fatos – A URSS criou e financiou as bandas punks dos anos 70/80 para promover o caos na democracia ocidental?

Toda essa teoria conspiratória, bem amarrada, vamos admitir, foi criada pelo site World News Daily Report, que apesar de ser um site especialista em noticias falsas, tem a decência, se é que podemos achar alguma em um site que cria mentiras, de avisar, assim como o sensacionalista ( site brasileiro de noticias satíricas e falsas) que pode ser lido em seu Diclaimer ( isenção de responsabilidade) aqui.

A WNDR assume, porém, toda a responsabilidade pela natureza satírica de seus artigos e pela natureza ficcional de seu conteúdo. Todos os personagens que aparecem nos artigos deste site – mesmo aqueles baseados em pessoas reais – são inteiramente fictícios e qualquer semelhança entre eles e qualquer pessoa, viva, morta ou não morto é puramente um milagre.

Concluindo: Essa história de que as bandas Punks Sex Pistols, The Clash e Ramones foram criação da URSS através da KGB para instaurar o caos anarquista no mundo ocidental e propagar o uso de drogas e desvio psicológicos dos adolescente é uma teoria conspiratória inventada por um site especializado em criar mentiras.

Participe do Verdade Absoluta e mantenha-se informado sobre as verificações de fatos dos boatos e golpes na internet através do Whataspp (21) 99844-0853 na Página do Facebook ou no Grupo do Facebook.

Comentários Facebook

comments

About Descharth

Avatar for Descharth
André L. Scharth, também conhecido como Descharth, ou Des, é Laboratorista Fotográfico, uma profissão em extinção devido a tecnologia fotográfica atual. Por isso, para poder continuar tomando cervejas virou blogueiro, mas ainda pede fiado no bar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *