Home » comportamento » A verdade sobre o jogo desafio da Baleia Azul – Blue Whale

A verdade sobre o jogo desafio da Baleia Azul – Blue Whale

Verificação dos fatos – A verdade sobre o jogo desafio da Baleia Azul (Blue Whale) –  Nessa matéria do Verdade Absoluta, esclarecerei sobre o que é o jogo desafio da Baleia Azul, como o jogo saiu de um esquema de marketing para alavancar uma página em rede social russa e como ganhou o mundo. Também investiguei se é verdade que o desafio da Baleia Azul induz ao suicídio e se é verdade que mais de 130 adolescentes cometeram suicídio na Russia por conta desse jogo macabro.

Antes de mais nada, o Verdade Absoluta esclarece que não  joga o desafio do Baleia Azul, e nem tampouco incentiva que os seus leitores o joguem, pelo contrário. Visto que o jogo pode promover o terror psicológico em jovens e adultos com depressão, não serão fornecidas informações sobre links dos grupos do desafio da Baleia Azul no Facebook, no VK ou qualquer outra rede social. O verdade Absoluta não possui tais links e toda  informação aqui contida é de caráter informativo e jornalístico.

O que é e como surgiu o jogo da Baleia Azul – Blue Whale

Em meados de Fevereiro de 2017, diversos sites da língua inglesa começaram a divulgar um misterioso “Jogo do Suicídio” que teria levado mais de 130 jovens a cometerem suicídio na Russia.  Embora esse jogo, ou desafio, possa ser conhecido por outros nomes, o mais comum e o que tornou mundialmente famoso é Blue Whale ou Baleia Azul em português.

Livre-se de boatos e notícias falsas - curta o Verdade Absoluta

A referência do nome do jogo ao cetáceo não é por acaso. As baleias são popularmente conhecidas por comportamento suicida ao forçarem o encalhe na praia. Uma das teorias que tentam esclarecer esse hábito das baleias é a “hipótese do integrante doente”, quando uma baleia doente procura águas rasas e tranquilas em busca de segurança. Por serem animais sociais, outras baleias seguem esse individuo e acabam encalhadas também. Fonte – Os animais cometem suicídio?

A história do Jogo da Baleia Azul começou com a morte de Rina Palenkova, 17 anos que cometeu suicídio se jogando nos trilhos do trem da cidade de Ussuriysk, na região de Primorsky Krai, no Extremo Oriente russo.. Poucos segundos antes de se jogar na linha do trem, Rina Palenkova, postou uma foto (abaixo) no VK (VKontakte)  com a palavra Adeus. Fonte – The Mirror

A imagem da jovem suicida foi amplamente divulgada nas redes sociais da Russia e logo se tornou a figura central de um estranho culto. Comunidades de mídia social como “Sea of ​​Whales“, F58, F57 e sites de vídeo chocantes ,compartilharam fotografias de Rina e espalharam um boato de que ela fazia parte de uma seita suicida:

Esses grupos tinham como tema o suicídio e eram repletos de videos bizarros, psicodélicos e sinistros. Logo começaram a enviar mensagens em forma de código, conteúdos em hebraico, cabalísticos e misticos.

Acupuntura sem agulhas

Para promover o grupo F57 e o tornar popular, os moderadores desenvolveram um ARG, Jogo de Realidade Alternativa (Alternate Reality Game). Em sua definição mais simples, um ARG é uma realidade fictícia que é sobreposta ao mundo real.

Inicialmente o projeto do Grupo F57  não tinha nenhuma relação com o suicídio, mas depois que “importaram” ideias de moderadores de grupos destrutivos, a coisa começou a desandar. Um dos elementos do projeto foi um cronômetro no site, contando os 70 dias anteriores a uma determinada data – de acordo com a F57, até o dia dos suicídios em massa.

Em entrevista ao site Lenta.Ru, Kitov, administrador do “Sea Whale“, diz que Filipp Lis, criador do F57  não tinha a intenção de incentivar os adolescentes a cometerem suicídio, e sim,  promover suas páginas no VK para ganhar dinheiro (Assim como no Facebook, é possível monetizar as páginas do VK).

Lis lançou o mito da “seita” e usou Rina Palenkova  para promovê-lo. Ele vendeu suas páginas clonadas, reposts, vídeos e fotos de seu túmulo, bem como screenshots de sua correspondência.

Depois que o VKontakte removeu f57, ele, Filipp Lis, criou grupos semelhantes, como o f57Terminal5751 ุ ς☈ψ ς☈ψ ς☈ψ 666.

 

Vendo o potencial do tema, Kitov (Sea Whale) disse ao Lenta.ruEu olhei para todo o barulho, fiquei atordoado com o hype e criei minhas baleias“. Ele insistiu que seu objetivo era dissuadir adolescentes propensos a pensamentos suicidas, mas primeiro era necessário “se tornar um deles” . Em outras palavras, fingir ser suicida.

O jogo desafio Baleia Azul tem levado jovens ao suicídio?

Não há nada comprovando que o jogo Baleia Azul tenha levado os jovens ao suicídio. A associação do jogo desafio Baleia azul – Blue Whale com o suicídio de pelo menos 130 jovens na Russia, iniciou com interpretações equivocadas das investigações do site Novaya Gazeta.

O Novaya Gazeta informou que contou 130 suicídios de crianças ocorridos na Rússia de novembro de 2015 a abril de 2016  e que de acordo com o eles, quase todos eram membros do mesmo grupo na Internet.

Mas segundo o site Radio Free Europe, é comum que jovens suicidas e que praticam automutilação, ou cutting, entrem em grupos fechados sobre o tema. Ou seja, independente da existência do jogo Baleia Azul, não é raro que jovens suicidas frequentem grupos em comuns na internet.

No dia 14 de fevereiro de 2016, uma menina de 10 anos de idade do subúrbio de Kirishi, em São Petersburgo, foi hospitalizada com uma concussão e outras lesões depois de cair de uma janela. A mídia local citou “descobertas preliminares” que sugeriam que o incidente foi uma tentativa de suicídio ligada ao sombrio fenômeno on-line conhecido como “Baleia Azul. Em 20 de fevereiro de 2016, a mídia local informou que o ramo de São Petersburgo do Serviço de Segurança Federal (FSB) estava abrindo um novo banco de dados sobre suicídios infantis.

Um reporter da Radio Free Europe se infiltrou nesses grupos – leia parte traduzida da matéria da RFE ou na íntegra aqui.

Eu quero jogar o jogo”, escreveu o correspondente da RFE / RL depois de criar um perfil falso para uma garota de 15 anos no popular site de mídia social russa VKontakte.

“Você tem certeza? Não há caminho de volta”, respondeu um curador do jogo Blue Whale.

– Sim. O que isso quer dizer?

“Você não pode deixar o jogo assim que começar.”

“Estou pronto.” Então o curador explicou as regras.

“Você executa cada tarefa com diligência, e ninguém deve saber sobre ela.Quando você terminar uma tarefa, você me envia uma foto.E no final do jogo, você morre. Você está pronto?”

– E se eu quiser sair?

– Tenho toda a sua informação, eles virão atrás de você.

A primeira tarefa atribuída ao usuário imaginário da Internet da RFE / RL foi arranhar o símbolo “F58” em seu braço. Uma imagem de photoshop foi enviada, mas o curador parou de responder.

Ao longo de cerca de uma semana, o RFE / RL conseguiu entrar em contato com mais de uma dúzia de auto-proclamados atuais e ex-jogadores e vários curadores. Nenhuma das tentativas de se jogar o jogo foram levadas adiante pelos curadores.

O suicídio infantil é um problema real. De acordo com o governo russo, 720 menores se suicidaram em 2016. As autoridades dizem que as causas principais são amor não correspondido, problemas familiares e problemas de saúde mental. A falta de oportunidades e o alcoolismo generalizado e o abuso de drogas são citados como fatores contribuintes. Apenas 0,6 por cento têm qualquer conexão com a Internet ou mídia social.

Funcionários do Quirguistão disseram à RFE / RL que 15 menores se suicidaram em janeiro, quase o dobro de janeiro de 2016. “As razões são más relações dentro da família e várias circunstâncias da vida”, disse o porta-voz do Ministério do Interior, Bakyt Seitov para a RFE

Por esta razão, psicólogos e assistentes sociais dizem que há motivos reais para se preocupar com os grupos da Baleia Azul e exortam os pais a serem vigilantes para observar se seus filhos andam manifestando interesse em jogos mórbidos.

De fato, só a presença de crianças, jovens e pós-adolescentes em grupos dessa temática já é motivos para alertas. O jogo desafio da Baleia Azul existe, e por si só já é motivos para alerta. Muitas pessoas estão achando engraçado e bacana o status de ser uma baleia azul e estão se cortando formando o desenho do cetáceo, para dizer que estão jogando o jogo.

O Facebook é repleto de grupos com temáticas de suicídio, depressão e automutilação.

Eis o grande problema, como saber que a pessoa está mesmo no jogo ou só fingindo estar para ganhar status e atenção nesses grupos? É recomendável que os pais, familiares e amigos fiquem atentos, observem os sinais, não só relacionados a esse jogo mas a vida de seus entes queridos. Muitas vezes a depressão é silenciosa, não usa cortes de baleias e nem redes sociais.

Nunca zombe de uma tentativa de suicídio fracassada. Nunca diga: “É para chamar a atenção, se quisesse mesmo se matar  faria de forma eficiente, não dessa forma“. Psiquiatras e psicólogos dizem que é normal que haja diversas tentativas fracassadas de suicídio antes do êxito final.

Quem tenta se matar e falha, não quer aparecer, quer ajuda.

Se não sabe como agir, tenta o CVV –  Pelo site (aqui) ou pelo telefone 141

O CVV – Centro de Valorização da Vida realiza apoio emocional e prevenção do suicídio, atendendo voluntária e gratuitamente todas as pessoas que querem e precisam conversar, sob total sigilo por telefone, email, chat e Skype 24 horas todos os dias.

Participe do Verdade Absoluta e mantenha-se informado sobre as verificações de fatos dos boatos e golpes na internet através do Whataspp (21) 99844-0853 na Página do Facebook ou no Grupo do Facebook.

 

Comentários Facebook

comments

About Descharth

Avatar for Descharth
André L. Scharth, também conhecido como Descharth, ou Des, é Laboratorista Fotográfico, uma profissão em extinção devido a tecnologia fotográfica atual. Por isso, para poder continuar tomando cervejas virou blogueiro, mas ainda pede fiado no bar