Home » mentiras » É boato: Dipirona S/500 da Venezuela tem vírus mortal Marbug

É boato: Dipirona S/500 da Venezuela tem vírus mortal Marbug

Boato – Dipirona S/500 importado da Venezuela tem vírus mortal Marbug.

De acordo com um boato extensamente compartilhado no Whatsapp, as pessoas não devem tomar o novo Dipirona que vem escrito S/500.

Esse novo Dipirona S/500 seria importado da Venezuela e seria muito branco e brilhante, e médicos já teriam provado que ele contém o vírus Marburg, considerado o mais mortal e perigoso do mundo. Alerte suas famílias blablabla…

Dipirona S/500

Será verdade que o Novo Dipirona s/500 contém um vírus mortal?

Verificação dos Fatos – Se ao ler essa notícia sobre o novo Dipirona S/500, você sentiu uma sensação de déjá vu, popularmente conhecida como a sensação de já vi essa porra antes, relaxe, você não está tomando remédios em excesso.

Esse boato, inventado por sites caçadores de cliques como o Whats Diário, é a penas uma adaptação do velho, igualmente idiota, boato dizendo que o Paracetamol P-500 possui vírus Machupo, que já foi desmentido aqui, no Verdade Absoluta, na matéria “Boato – Paracetamol P-500 possui vírus Machupo“.

Não mudaram quase nada, os preguiçosos. Se o Paracetamol P-500 virulento vinha de Angola, esse novo dipirona S/500 vem da Venezuela. Ambos continuam sendo muito branco e brilhante, quase uma propaganda do OMO.

Mas a balela é a mesma – Nomes de médico manjadores omitidos, autoridades silenciosas e mídia muda.

A resposta sobre se é verdade que o novo Dipirona S/500 possui um vírus mortal é a mesma dada para o Paracetamol P-500

Não há como um vírus sobreviver em um ambiente completamente seco como um comprimido.

Comentários Facebook

comments

About Descharth

Avatar for Descharth
André L. Scharth, também conhecido como Descharth, ou Des, é Laboratorista Fotográfico, uma profissão em extinção devido a tecnologia fotográfica atual. Por isso, para poder continuar tomando cervejas virou blogueiro, mas ainda pede fiado no bar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *